Uma mulher de sabedoria se manifesta!

Uma mulher de sabedoria se manifesta!

Por Dadi Janki.

As pessoas pensam muito, mas quando permitem que a mente se torne tranqüila, apenas por um pouquinho de tempo, há uma experiência tão bonita.
Falamos sobre transformação, mas de fato, entender o que realmente precisamos mudar para promover a transformação do eu, é primordial. É impossível assumir a responsabilidade de transformar o mundo porque, no fim, acabaríamos perdendo a esperança. Então a primeira coisa que devemos fazer é transformar a nós mesmos. Mas o que precisamos para mudar?

Precisamos mudar nosso estilo de vida? Qual é a meta para a mudança?

Se não temos uma meta, é muito difícil desenvolver caráter.
Temos que mudar o caráter ou temos que terminar apenas com as coisas falsas e superficiais na nossa vida?

Precisamos emergir o que é real em nós e deveríamos encontrar aquilo que perdemos.
Geralmente as pessoas dizem que estão buscando paz, espiritualidade verdadeira.
Se estivermos buscando algo, isso significa que estamos buscando algo que perdemos.

Assim como os olhos são essenciais para a vida humana, do mesmo modo, há um outro olho através do qual precisamos enxergar claramente – o olho do entendimento.
É com este olho do entendimento que podemos ver o eu interior.
Assim que começamos a ver o eu interior com este olho, então também seremos capazes de ver o Supremo.
Para ver o Supremo, temos que usar o olho interior, de outro modo, não podemos vê-Lo.

Se alguém tem visão e há escuridão no ambiente físico, então acendendo a luz poderá ajudá-lo. Mas se alguém não tem olhos, então você não pode ajudá-lo a ver, mesmo que acenda a luz.
Hoje, há escuridão da ignorância no mundo. Há falta de entendimento do que as pessoas deveriam fazer ou não.
Mesmo quando as pessoas, de fato, entendem a diferença entre pecado e caridade elas evitam a caridade e engajam-se no pecado. Então é algo que podemos apenas perguntar a nós mesmos.
“Quantos atos de caridade desempenhei e quanto pecado ocorreu?” Isso é o que temos que olhar em nós mesmos e mudar.

Temos que escutar a própria voz interior e ver o que estamos fazendo.
Até agora, nas nossas vidas fizemos o que os outros queriam que fizéssemos.
Mas agora precisamos olhar para ver como despendemos nossa vida; o que ganhamos e o que perdemos. Temos que fazer estas perguntas a nós mesmos. Temos que nos transformar para o benefício dos outros. Se não mudamos, então não faz sentido pensar em ajudar os outros. Portanto, temos que olhar para nós mesmos.

Quando olhamos para o eu interior então, embora os olhos físicos estejam vendo o que há externamente, não somos afetados pelas coisas ao nosso redor.
Quando temos uma meta, ela permite a limpeza. Quando nos limpamos é como se estivéssemos removendo a doença da mente e por fim nos curamos.

Sempre mantenho amor, paz e paciência comigo. Se você tem estas qualidades então pode haver um bom caráter. Paciência, paz e amor. Pensem sobre isso.
Quando tivermos estes três haverá tanta mudança na nossa personalidade.
Cada indivíduo está em conexão com mil outros. Se você consegue manter estas coisas dentro de si então é capaz de influenciar e inspirar mudança em muitos outros. Nossos próprios olhos físicos verão o mundo mudar.

-------------------------------------------------
Dadi Janki, Diretora Administrativa – Brahma Kumaris, completou 100 anos em 01 janeiro de 2016 e está em plena atividade como Líder Administrativa da Brahma Kumaris.
Dadi provê um modelo de liderança para todas as mulheres e homens que procuram integrar ambas as qualidades masculinas e femininas em suas vidas pessoais e profissionais. De forma especial, Dadi é uma pessoa apaixonada por Deus e envolve as pessoas de todas as crenças e caminhos de vida para serem verdadeiras com seu eu espiritual; para assumirem seu papel singular e individual no jogo de criar um mundo futuro digno das próximas gerações. Em resumo, Dadi Janki remete a todos nós ao nosso potencial máximo.

Veja este vídeo sobre Dadi Janki apresentado pela BK Brasil (27min).
Veja este também em que Dadi Janki fala sobre como entender Deus (6 min). Valerá a pena!

Foto: Dadi Janki

Enviar por e-mail Enviar por e-mail