O sentimento de perda não deveria existir.

O sentimento de perda não deveria existir.

O sentimento de perda é uma escolha equivocada na nossa maneira de pensar. O sentimento de perda não deveria existir.
Perdas podem acontecer, mas apenas quando nos omitimos. Aí, sim, podemos perder.
Por não agir, por não tomar uma atitude, por não enfrentar.

Na ação, nunca perdemos. Poderemos errar e erramos, mas um erro não significa perda. Errar pode significar muitas coisas mas, em termos de vida, pode significar aprender ou despertar, amadurecer ou conceder, ou ainda ter mau êxito e mostrar que se faz necessário exercitar o coração, para não viver mais de erros que de acertos, ou mesmo lembrar que somos humanos e erramos. Errar é parte do processo do despertar, do amadurecer e do conceder, do corrigir com humildade e da aceitação de que temos muito mais a aprender do que pensamos saber.

Nossa vida é uma vida de ação. Nosso planeta é um campo de ação, uma escola, assim como é um laboratório em que praticamos e aprendemos. Uma vida de omissão, no máximo, em analogia ao futebol, resultaria em empate - um hipotético zero a zero, mas na vida isso não acontece...
O empate reflete a burocracia no viver.
Neste caso, o empate poderia significar não viver, ou seja, mesmo adiar a oportunidade de viver a vida.
Arriscar e tomar atitude nunca resultará em gol contra a vida. quanto mais arriscarmos, mais criarmos, mais perto de vencer estaremos; etapas são conquistadas e são vencidas quando percorridas, independente do resultado momentâneo, e aí nào importa a sua aparência; por trás...nunca haverá a derrota.
Arriscar pode não significar acertar mas, com certeza, não significa ser derrotado.
Pode, sim, significar errar, ou aprender, ou crescer.
Viver em plenitude significa nunca jogar na retranca pois, no jogo da vida, o empate não nos leva a lugar algum.
Quanto mais agirmos sem medo de errar, menos erraremos.
Quanto mais garantias quisermos, menos chances de vencer teremos...estaremos caminhando na direção do possível empate, se dermos sorte.
Viver é correr riscos, é desafiar, é acertar mesmo errando, é acreditar e por certo é amar.
Não é possível amar sem correr riscos!
Quando amamos, aprendemos a intuir e a escolher sem a nada temer.
Intuir é a voz da nossa liberdade.
Escolher com amor significa acolher no coração a voz da razão.

Uma vida sem riscos não pode ser chamada de vida. Viver na “retranca” pode, no máximo, conduzir a um zero a zero e isso não traz felicidade e nem satisfação.
Viver uma vida para a frente significa “perder gols” sim mas, sem tentar, não se sairá do zero a zero.
Buscar as chances e vivê-las é o caminho de acreditar.
O renascimento da intuição só vem para quem o busca.
Viver retraído é o caminho da vida sem brilho, da vida sem colorido, da vida sem significado.
Talvez, a maior de todas as derrotas seja temer perder.

Abrir o coração é abrir caminho para vencer na vida. Caso contrário, o máximo a conseguir será um empate sem sabor e sem valor, com toda a energia tendo sido canalizada para não perder. Isto, por si só, será uma grande derrota.
Vencer na vida é como participar de uma prova na qual o que vale é contar as estrelas, onde o que conta é você e as estrelas contadas.
Se não tentar, ficará no zero, nunca perderá de si mesmo. Não tem como contar menos uma estrela. Caso não conte nenhuma, estará com o placar zerado.
Na vida, o sabor terá sido: “por que não arrisquei mais, por que deixei de tentar?”
Na vida, colher o sabor da vitória se torna uma realidade quando tentamos, quando colocamos, na prática, o que aprendemos, o que acreditamos e o que sentimos valer a pena.

Na vida o sabor da vitória vem com a participação e dedicação e não com os resultados.

Quando vivemos sem medo, a criatividade e os talentos desabrocham.
Viver não é um jogo de garantias, mas de conquistas, de erros e acertos, de descobertas, de diversões, de encontros e desencontros mas, sempre, um jogo de constante amadurecimento.

autor: Herbert Santos Silva
site http://intuicao.com
Foto: disponibilizada pelo banco de imagens

Enviar por e-mail Enviar por e-mail