Meditação e disposição para enfrentar desafios

Meditação e disposição para enfrentar desafios

Depoimento inspirador de BK Mira (Miris Paes Barreto), que partiu alguns anos atrás.

Graças à prática de meditação e à absorção do conhecimento espiritual por um longo período de tempo, experimentei força interna e ânimo constante para enfrentar um câncer que apareceu inesperadamente na minha vida. Em nenhum momento me desesperei ou fiquei triste e abatida, porque aprendi a ver o lado bom das coisas e dos fatos. Senti muita ajuda e solidariedade de todos.
Acredito que foi a mão de Deus que me deu apoio através do toque certo, na hora certa, a pessoa certa no lugar certo.

Sinto que temos que ser rápidos em nossos esforços de transformação, porque o mundo está se tornando mais conturbado e exigente, e precisamos encontrar nosso próprio mundo interno, e os meios para experimentar paz e felicidade, mesmo enquanto passando pelas turbulências da vida.

Para aqueles que querem fazer esses esforços, eu diria para prestarem mais atenção em si e usar todos os seus recursos espirituais, tais como pensamentos, palavras, ações, tempo, relacionamentos e bens de maneira útil e positiva, para que se tornem fontes de inspiração.

A vida me trouxe muito aprendizado. Aprendi a colocar um ponto final no passado.
Passado é passado, estou fazendo o melhor para o futuro e o presente é o que tenho de concreto para transformar. Essa sabedoria de não ficar remoendo o passado, seja o nosso ou o dos outros, nos tira da teia das confusões nas quais costumamos nos envolver. Sou essencialmente uma alma pacífica, e estou aprendendo a transformar razões em soluções.
Tenho usado o slogan: “Já passou, não se preocupe e seja feliz!!”

Sinto que a missão da minha vida foi estudar e ensinar.
Naturalmente isso requer mudanças constantes de atitude interna para melhorar, porque as atitudes ensinam mais do que as palavras. Esse é um momento de desafio, porque por um lado tenho que encarar uma realidade que me aproxima da morte e, por outro, o imenso presente da vida que recebi de Deus quando ouvi pela primeira vez que sou uma alma eterna, um ser imortal.

Deus não me deu uma doença, as pessoas também não. Portanto, é meu dever assumir a responsabilidade total sobre o que está acontecendo. Então, deixe-me fazer o melhor, e com isso fico contente e disposta. Não tenho que sair por aí causando tristeza e inquietação aos outros através da minha própria tristeza e inquietação. Certamente Deus não gostaria de me ver lamentando, ou culpando à Ele pela situação.

Amigos, o mundo está tão carente de pessoas fortes, corajosas e decididas. Portanto, torne-se um grande doador, digno de ser um ajudante nesta imensa tarefa de elevação do mundo, e não aquele que está sempre pedindo por algo. O ajudante sempre tem em abundância para doar, porque a Fonte é inesgotável. Você quer estar na lista dos ajudantes ou dos pedintes espirituais?
Você pode escolher!!

Fica aí o belo depoimento de BK Mira, que foi Professora de Meditação Raja Yoga em São Paulo por muitos anos e um ser humano que viveu em prol da espiritualidade. Foi pessoa querida por todos; falecida no final de fevereiro de 2009, deixou muito boas lembranças e inspirações, através de exemplos de fé em Deus, humildade, resignação e dedicação à espiritualidade.

Enviar por e-mail Enviar por e-mail