Lógica

Lógica.

O entendimento lógico,

a visão de querer entender e explicar,

tende ao ato de racionalizar;

isto pode ser uma ferramenta útil,

mas também pode ser uma grande armadilha.

Nem tudo no mundo é para ser “entendido”,

há situações, fatos, etc. que devem ser simplesmente “aceitos”

e então “apreendidos” pelo coração.

O ato de racionalizar envolve conceitos

não absolutos, por mais que desejássemos que fossem.

A capacidade de aceitar envolve

sentimento e emoção,

confiança e empatia.

A habilidade de combinar o uso da “razão” com o uso do “intuição”

pode caracterizar o ser humano em “ser” realmente humano;

desviando-o da armadilha de “tentar ser” uma máquina lógica.

Autor: Herbert Santos Silva

Livro: Estética da Esperança
site http://intuicao.com
Foto: disponibilizada pelo banco de imagens Pixabay

Enviar por e-mail Enviar por e-mail