Ego e espiritualidade não combinam

Simples lembranças!
Onde há ego, não há espiritualidade.
Não há espiritualidade no conflito, na violência e na agressividade.

Havendo desrespeito em qualquer nível,
quebra-se a cadeia da espiritualidade.

Ser espiritual não está necessariamente relacionado com ser religioso, mas
ser religioso deve ser respeitado.
Independentemente
de doutrinas,
tradições,
filosofias.

As formas, ritos, aparências, linguagens aparentam diferenças.
Mas as aparências enganam...
Por mais distintas pareçam ser,
a centelha do amor de Deus faz brilhar o amor íntimo,
e inspira a melhoria em cada ser que busca se aproximar de Deus.
Isso pode se dar por diferentes caminhos.
Nos cabe respeitá-los.

Independente das formas externas,
o alinhamento espiritual com Deus
deve ser resgatado.
E este se constrói no ritmo,
no respeito,
no amor,
na paz,
na disciplina interior,

e...
na moral
que interconecta tudo o que parece ser diferente.

Respeitemos as diferenças,
busquemos as essências,
pratiquemos o amor e a paz íntima,
e tenhamos bons sentimentos em nossas mentes;
Uma vida melhor começa a nascer na intimidade de cada ser.

Texto: Herbert Santos Silva
site INTUICAO.COM

Enviar por e-mail Enviar por e-mail