Adhemar Ferreira da Silva

Adhemar Ferreira da Silva.

Simplesmente o mais bem sucedido representante do atletismo brasileiro em Olimpíadas até hoje.
Foi BI-CAMPEÃO OLÍMPICO - conquistou as medalhas de ouro no Salto Triplo em Helsinque, na Finlândia em 1952 e 1956, em Melbourne, Austrália.

Sempre foi muito mais reconhecido no exterior que no Brasil.
No escudo do São Paulo Futebol Clube, clube pelo qual competia, as duas estrelas douradas que estão na parte de cima do escudo foram adotadas em sua homenagem.
O fato é que Adhemar sempre foi considerado um grande gentleman, um nobre, onde quer que estivesse. Deixa a mensagem de que grandeza - o que ele tinha de sobra, é diferente de fama, o que ele até teve, mas muito menos do que merecia, de fato.

A foto de Adhemar vista ao lado é de Melbourne, em treino antes de conquistar a medalha de ouro, e me foi dada em 2001 em Vancouver no Canadá, por um húngaro, que havia tirado a foto pessoalmente em 1956. Este húngaro, cujo nome infelizmente não lembro e era um grande fã de Adhemar, assim como de Garrincha. Disse-me ele ter acompanhado todas as olimpíadas desde 1952 até 2000, que trabalhava no International Hostel de Vancouver, organizando atividades esportivas (Hiking, bicicleta, canoagem, etc.) para os hóspedes; também me disse que trabalhava como sempre havia feito - para poder ter condições de ir à próxima olímpiada; portanto espero que possa ter ido às de 2002 em diante.
A foto acima é do site memoriadoesporte.

Hoje, véspera do início dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, 2016, o site intuição.com, modestamente homenageia a memória de Ademar Ferreira da Silva como representante maior de nosso atletismo olímpico.

Enviar por e-mail Enviar por e-mail