Conectando-se com sua Vocação


Que bússola usar para encontrar o caminho ideal nas vidas profissionais?
Evocar...invocar...trazer de dentro o rumo certo, o rumo que é único ao coração e ao intelecto e trás à tona a cor da certeza e da determinação.
A vocação é uma dádiva de Deus e do mundo que cada pessoa tem dentro de si.
Descobri-la tem a ver com ultrapassar as camadas superficiais que nós mesmos pintamos no quadro de nossas vidas e que passamos a apresentar ao mundo como sendo sua introdução ao mundo exterior, como se aquilo fosse sua apresentação, às pessoas que te encontram e com as quais você tem qualquer tipo de interação.

A imagem seria a tradução de como o vêem, mas isso acaba criando imensa confusão e a pessoa acaba aceitando imagens e papéis como sendo dela e que em realidade nada tem a ver com ela.
Buscar as raízes de sua vocação tem a ver com conectar-se com sua essência vital, que é sempre verdadeira e poderosa, mesmo que muitas vezes esteja e permaneça adormecida por longos períodos de uma vida, senão pela vida toda.

Acessar este tesouro interior que é descobrir sua vocação implica em coragem!
A razão, no limiar de final de milênio, tende a ser o porta voz da insegurança e da indecisão travestida de decisão baseada na sensatez e lógica.
O acesso ao tesouro da vocação pode ser facilmente conseguido ao usarmos a bússola da intuição.
A intuição tem a ver com consciência, em níveis além dos que a razão pode acessar.
A razão baseia-se em leitura de dados e análise. Se os dados são “lidos” erroneamente, a análise estará completamente distorcida, mesmo que logicamente correta.

Hoje não se podem basear soluções apenas na razão devido ao simples fato de a interpretação estar “viciada” e de os dados considerados não serem os essenciais, nem os verdadeiramente relevantes.
A intuição é um mecanismo à nossa disposição, depende de começar a ser usado.

Texto de Herbert Santos Silva
site http://intuicao.com

Enviar por e-mail Enviar por e-mail