Surpreenda-se positivamente

Surpreenda-se positivamente.


As pessoas estão habituadas a se comportar dentro do que se apresenta como o mais normal para elas, e isso acaba por se tornar habitual em suas vidas. Na maior parte das vezes, atua-se mecanicamente. Nos relacionamentos, na maior parte das vezes, tratando, não propriamente com a pessoa em sua frente naquele momento presente, mas com imagens geradas por impressões passadas, as quais são fortalecidas ao longo do tempo.
Isto impede a expressão da naturalidade e acaba por bloquear a criatividade e a percepção.

As atitudes podem ser variadas. Depende de cada um, a pessoa é a protagonista de sua própria vida, mas ela tem personagens interagindo com ela, sempre. Seja uma pessoa, um animal, a natureza ou algo mais; não importa, deve haver respeito e amor, fé e resignação, simplicidade e espontaneidade, paz íntima e disciplina, esperança e dedicação em fazer o bem.

Mas além de tudo, a escolha mais sutil e mais sublime que cada um pode fazer é: escolher Deus. Dizer: 'eu escolho Deus', 'não importa o que aconteça, não importa em que situação eu me encontre, eu escolho estar com Deus.' Estas escolhas são fundamentais para que boas surpresas aconteçam em uma vida.

Você pode executar uma mesma ação de muitas maneiras diferentes.
O que varia não é a ação, mas como você a desempenha.
A atitude mental é fundamental, a capacidade de observar-se e observar a pessoa com quem está se relacionando são essenciais.

O simples fato de olhar nos olhos já faz uma grande diferença.
Sorrir é outro aspecto que transforma uma relação.

Aceitar a diversidade começa com a prática dela.
Cada instante é único e exclusivo. Torná-lo inclusivo depende de você.

Para refletir consigo mesmo:

1- O que nos leva a agir dentro de padrões?

2- Por que aceito certos padrões como normais?

3- Eu já me questionei a respeito dos padrões que eu sigo? Por que faço assim e não de outro modo? Por que me visto assim e não de outro modo?

4- Tenho medo de mudar meu modo de ser? Por quê?

5- Eu penso no que os outros vão achar? Por que isso me influencia tanto?

6- Eu já pensei que se mudar meu modo de ser com as pessoas elas poderão estranhar no início, mas quem o respeita o aceitará do jeito que você for, e se não gostar tudo bem?

7- O que é mais importante: ser seu eu mais verdadeiro e se aproximar de pessoas que gostarem de você como você é verdadeiramente, ou manter imagens que te forçam a se mostrar de um jeito que não é o seu melhor só para agradar outros, será que eles gostam de você, realmente? Ou de uma imagem que os está satisfazendo?

Como leis pessoais naturais há algumas possibilidades:
- Não prometer nada para os outros, nunca! É possível para você?
- Aceitar o comprometimento, mas internamente, não em palavras
com os outros, deixando claro que você é uma pessoa que pode experimentar mudanças e as aceita. Portanto você se compromete internamente com sua verdade e intuição e externamente você transmite sua mensagem de credibilidade de acreditar em algo firmemente; mas daí a prometer algo existe uma longa distância!

Como fatores essenciais há possibilidades de alterar o rumo de sua vida de uma maneira muito simples:
Surpreendendo positivamente !

- Sempre mantenha o foco: o que posso fazer - a mais, do que é esperado que eu faça.
- Pocrurar surpreender com atitudes simples e verdadeiras.
- Reconhecer o que as pessoas propõem, de fato, já é uma surpresa no mundo de hoje.
- Conversar com pessoas que executam atividades aparentemente desvalorizadas.
- Olhar nos olhos, e manter conversação de sentimentos.
- Escutar o que as pessoas falam.
- Em caso de satisfação real por um serviço, pagar mais que a pessoa está cobrando, e dizer o porquê.
- Ser honesto com seu interlocutor.
- Criar situação nova, face a ações convencionais.
- Elogiar adversários.
- Aceitar e considerar as críticas.
- Dar valor a detalhes como simplicidade, olhar sereno e o
silêncio de pessoas ao seu redor.
- Tocar as pessoas com respeito.
- Facilitar o caminho para os outros sempre que puder.
- Fazer comentários sempre voltados a aspectos positivos.
- Não alimentar fofocas ou conversações depreciativas e negativas.

Surpreendendo outros você também estará se surpreendendo.
Há outras maneiras de surpreender positivamente?
Certamente!
Vale a pena pensar nelas?
Depende de você.


Texto: Herbert Santos Silva
site: http://intuicao.com/blog

Imagem: Pixabay

Enviar por e-mail Enviar por e-mail