Seja feita a Vossa vontade!

Seja feita a Vossa vontade!

Viver sem se entregar passivamente às correntes predominantes nos ajuda a crescer como seres humanos mais sensíveis, mais respeitosos e mais dignos.
Corrigir erros faz parte da educação, seja numa família, para uma criança ou para um adulto; seja em uma empresa, para um operário ou para um diretor; seja na vida pública, para alguém conhecido ou para alguém incógnito; seja na escola, para um aluno ou para um professor; ou seja na vida, para alguém espiritualizado ou não.

O fato é que a correção é parte de todos os processos que experimentamos na vida - não há ninguém perfeito em nosso planeta; todos estamos aprendendo e isso é parte da vida.

Há pouco mais de dois mil anos, ensinamentos preciosos foram dados à humanidade; é assim que Deus nos ensina - de tempos em tempos enviando-nos seres iluminados para nos ensinar a sermos melhores. Bem, na vinda especial de dois milênios atrás, uma prece foi ensinada e deixada à humanidade, como lembrança de Deus, e louvor a Ele também. Mais que isso, deixou também orientações claras do que devia ser feito.
Ela diz:
"Pai nosso, que estais no céu. Santificado seja vosso nome. Seja feita Vossa vontade, assim na Terra como no Céu." ...*

Com todo respeito e humildade no coração, consciente de ser um aprendiz, com muito amor a Deus, mas sabedor de ser um aprendiz, intuo que a essência dessa frase transcende uma única religião ou mesmo a um conjunto de religiões, a uma filosofia ou a um conjunto de filosofias, a uma doutrina ou a um conjunto de doutrinas. O ensinamento contido nesta frase parece claro, serve para toda a humanidade.

E aí, com a frase - "Seja feita a Vossa vontade", independente de sua tradição religiosa, ou de sua filosofia de vida, faço um convite para uma reflexão íntima: o quanto temos contribuído para que a vontade de Deus prevaleça em nossas vidas?

O quanto temos feito para que a vontade de Deus prevaleça em nosso planeta?
O quanto temos sido dignos de tudo que recebemos de Deus e da vida?

Dentre as leis de Deus, talvez uma seja claríssima para todos aqueles que creem em Deus, que é a lei do amor. Aí surge um outro ponto para reflexão - o quanto colocamos essa lei, a do amor, que é capaz de transformar o mundo, em nosso dia a dia?

Será possível manifestar ódio e intolerância junto do amor? Será que uma gota de veneno não envenena um copo de água pura e cristalina?

Em tempos em que a intolerância, a agressividade e o ódio são tão comumente encontrados em nossas sociedades, será que, mesmo sem perceber, não estamos 'colocando' gotas de veneno em nossas vidas ao darmos expressão a opiniões?
Será que não é possível ter uma posição, seja a favor ou contra, com amor no coração? Em vez de inserirmos gotas de ódio, intolerância, ironia ou agressividade em opiniões e posicionamentos?

Aceitar o amor e expressar o amor são ensinamentos que recebemos desde tempos imemoriais. 'Amar a Deus acima de tudo o mais' é a essência do primeiro mandamento da lei divina que nos é repetida desde Moisés.

Aproximar-se de Deus - com amor verdadeiro, esta parece ser a chave que abre portas a transformações reais e isso depende de nossas escolhas. Assim como aplicar um outro ensinamento deixado há dois mil anos - o de agir em relação aos outros da maneira como gostaria que agissem com você, jeito tão simples de fazer escolhas, mas que pode ser tão transformador no dia a dia.

Voltemos à frase singular: "Seja feita a Vossa vontade."
Lembremos dessa frase e vejamos o quanto dela realmente entendemos e aceitamos em nossos corações. É um exercício a ser feito individualmente e na intimidade pessoal; você com você e você com Deus.

Reflitamos: quando pensarmos nessa frase que nos conecta a Deus, deixada por Jesus Cristo na oração por ele ensinada há dois mil anos, procuramos sentir a vontade de Deus, preenchendo nossos corações, nossas mentes e nossas consciências e, no mais profundo de nosso ser, deixamos essa 'vontade' de Deus permear nossos seres?

Algumas vezes? Bem, somos humanos e este é um exercício que deve ser feito dia após dia, pois somos meros aprendizes.

Bem, fica aqui esta reflexão de, independente de concordar ou discordar, de ter uma opinião 'X' ou 'Y', fica aqui a lembrança de usarmos nossas consciências e nos expressarmos de acordo com ela, mas sabedores de que diretrizes estamos seguindo, a do amor ou do ódio, a da sabedoria ou da intolerância. Seja no pensamento, nas frases ou nas posturas que expressamos, seja em uma reflexão pessoal, numa conversa informal ou em meio a uma multidão.

Lembremos que onde floresce o amor há todas as chances de florescer o bem, a paz e a harmonia.

Abaixo segue a oração do Pai Nosso* em sua forma completa.

Herbert Santos Silva
site intuicao.com

* Oração do Pai Nosso

Pai nosso que estais no Céu,

santificado seja o Vosso Nome,

venha a nós o Vosso reino,

seja feita a Vossa vontade,

assim na terra como no Céu.

O pão nosso de cada dia nos dai hoje;

perdoai-nos as nossas ofensas,

assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido,

e não nos deixeis cair em tentação,

mas livrai-nos do mal.

Amém.

Enviar por e-mail Enviar por e-mail