A Pérola – prefácio do livro Intuição.com

A Pérola - prefácio do livro Intuição.com

Por Emília Amaral.

A pérola
por detrás da palavra
concha
anseia
em abrir-se
ao leitor
ele folheia
os olhos abertos
das páginas
os dedos em concha
os olhos se fecham
os dedos despertam o toque
entre a palavra e a coisa
ondula o frêmito do criador
suas mãos postas
em oração
despedem-se da escritura
roçando de leve
mais leve
o arabesco por detrás
do nome
a criatura

Que este poema se faça ação aos leitores deste livro*; que ao lhe abrirem as páginas vocês encontrem pérolas reais por detrás da palavras-conchas; que seus dedos folheiem nestas linhas não exatamente o que se escreveu, mas o que se sonhou e se viveu e se quer e se pode transmitir, simples e puramente porque se acredita.

Numa palavra, trata-se aqui de estimular a vontade de sendo ser. E não parar mais, porque valeu a pena, porque dentro algo cresceu, porque é verdade, sim era hora, urgia reencontrar, mais que a fé e a determinação, a gigantesca força de ambas. E o dom de espalhá-las pelo único universo que nos faz sentido: o de nossos afetos, o de nossas afinidades eletivas.

Para que a vida possa ser mais plena; para que cada polegada de positividade se fecunde e se reduplique, gerando infinitas outras; para que a redescoberta da própria energia, conjugada com a rememoração ancestral daquilo que de fato nos formata, e que chamamos intuição, permitam-nos enfim dizer sim, mas sem nenhum símbolo verbal.

Que nosso sim à existência, deflagrado por este livro, seja não uma idéia, mas uma atitude, ou um conjunto delas, é o que a obra promete e vai fazer o possível para atingir.

O resto fica por conta de cada um de nós, e de nossa capacidade de distinguir entre o arco-íris e o alçapão, entre o sim e o não _ apesar de que este último este livro jogou no fundo do mar. Tomara que para sempre. Tomara que. Mesmo. Só depende de nós. E do quanto queremos. De verdade.

Parabéns a todos os que conseguirem se ouvir e se transformar, ou seja, se converter naquilo que já somos sem o sabermos, por meio dele, ou de ambos: o meu amigo Herbert e o seu sonho tornado concreto, como ele pretende fazer com os de seus companheiros de planeta.

Prefácio de Emília Amaral para o livro* Intuição.com - reflexões Para Viver uma Vida melhor.
Emília é poeta, educadora e autora de vários livros sobre literatura

Enviar por e-mail Enviar por e-mail