Para que saber mais sobre a intuição?

Intuição - Para que saber mais?

Além da curiosidade, há inúmeras motivações que podem conduzir a pessoa a querer saber mais sobre a intuição. Diria que a intuição contribui em várias frentes de nossas vidas, dentre elas:

Para estabelecer elos

Conforme o prisma que usarmos para enxergar a vida em nosso planeta, podemos perceber que tudo está interligado de alguma maneira. ‘Traduzindo’ esse entendimento com uma analogia, digamos que todas as ações e interações, transformações e ciclos naturais, nascimento e morte, e tudo mais incluindo a vida em todas as suas manifestações, funciona com em uma configuração de ‘rede’, com vários elos se conectando e onde tudo se inter-relaciona em algum nível. A concatenação entre estes elos como que dá os contornos de uma face que mostra o ‘semblante’ de nosso planeta, exteriorizando o que flui no âmago dessa rede.
Quando há sensibilidade intuitiva presente, o fluxo da energia nesta ‘rede’ inspira laços de esperança e realizações em nosso planeta e a força dos elos cria e sustenta laços de harmonia que conduzem ao sucesso de um plano maior para nosso planeta. Isso tudo vai além dos ‘resultados aparentes’ que enxergamos em nossas vidas.
A capacidade desta ‘rede’ depende de cada elo envolvido, em que cada um auxilia na sustentação do outro. São os elos que fortalecem os vínculos necessários para que os empreendimentos, seja uma vida, uma relação pessoal, um plano de governo, um sistema de educação ou uma empresa sejam bem sucedidos. Tudo está interligado e cada elo tem influência junto aos outros elos existentes, ajudando a fortalecer ou a enfraquecer a sustentação dessa rede de vida.
Penso que cada pessoa que está neste planeta tem um propósito de estar aqui. Podemos entender isso como o propósito de vida; mas creio que este propósito não é só para com ela própria. De alguma maneira, cada pessoa tem também a influência na sustentação desta ‘rede’ que engloba a natureza, as outras pessoas que aqui vivem, os empreendimentos para o bem da humanidade e para com todos os níveis de vida que existem em nosso planeta.
Conforme são as posturas pessoais, será o fortalecimento ou enfraquecimento de elos que são fundamentais para propiciar crescimento e sustento, amadurecimento e suporte, desenvolvimento e melhoria da vida em todos os seus níveis em nosso planeta.
Conforme a postura pessoal, dar-se-ão os vínculos que se refletem em apoio e proteção, lealdade e comprometimento. São os elos que darão força e resistência, suporte e sustentação a esta ‘rede’ e a cada ente nela envolvida. A intuição é um canal que ajuda a fortalecer estes elos.

Para estabelecer o diferencial.

O uso da linguagem da intuição faz a diferença no contexto que se faz presente em nosso planeta, no qual a agressividade se tornou um hábito para muitas pessoas.
A intuição nos ajuda a estabelecer a distinção entre deixar fluir a vida com naturalidade e viver sob o leme da insegurança; entre a atitude preenchida de paz do construtor do futuro e a agressividade daquele que ignora as mudanças de paradigmas e que lutam para manter o que deve ser mudado.
A intuição funciona como um meio para reaproximar a pessoa dela própria e de Deus e, implicitamente, das pessoas, da natureza e de todos as expressões de vida que habitam nosso planeta. Ao fazer uso da intuição, as sensibilidades espiritual e humana se fazem presente e junto delas vem a gentileza e a delicadeza, a humildade e a simplicidade, o saber e o senso de relevância. Esse tipo de energia, quando presente, faz toda a diferença, ajudando a clarear escolhas que se fazem necessárias em ambientes em que prolifera a ausência de confiança e fé; ajudando, também, a amenizar a rigidez e a agressividade nas atitudes.

Para viabilizar as conexões necessárias.

As conexões são determinantes em tornar as decisões e escolhas bem-sucedidas ou não. São elas que podem induzir a evitar desgastes, transtornos e danos que podem não ser perceptíveis sob uma análise puramente lógica. Conexões úteis e saudáveis fortalecem e facilitam o fluxo de nossas vida, enquanto conexões que causam desgastes podem provocar transtornos e danos, algumas vezes, irreparáveis no curto prazo de uma vida.
A intuição nos indica conexões a serem estabelecidas, às quais devemos voltar nossa atenção em determinados momentos; algo que só o uso da razão não nos permitiria perceber. Outro aspecto importantíssimo é com quem não estabelecer conexões; nisso também a intuição pode ajudar bastante, fazendo com que evitemos escolhas que poderiam ser bastante desgastantes e prejudiciais em nossas vidas.
São as conexões que permitem o fluxo que induz a estados de crescimento espiritual, de prosperidade na condução de nossas vidas e de bem-estar nas relações com as pessoas, com a natureza e com os agentes espirituais que estão sempre à nossa disposição – independentemente dos nomes ou entendimentos que variam conforme a filosofia ou tradição religiosa. O fato é que, quando as conexões certas são estabelecidas, naturalmente haverá também a sintonia com outros agentes que são importantes nos processos em que estivermos interagindo.

Para fortalecer a capacidade de discernir.

Aspectos sutis, que geralmente não estão aparentes, tornam-se perceptíveis quando se faz uso da linguagem da intuição.
O sutil permeia tudo que existe em nosso universo. Mas, como saber o conteúdo real que vem dentro das “embalagens”, sejam elas ideias, serviços, produtos, planos, projetos, empresas ou pessoas.
O que garante que as “embalagens” são fiéis a seus conteúdos de fato? Como discernir entre a aparência superficial e o conteúdo que vem “junto” com o pacote adquirido?
Quando usamos a intuição agregada ao uso da capacidade racional, a capacidade de discernir ganha em potencial, elevando a amplitude e a qualidade do discernimento.

Para marcar presença.

Marcar presença não é uma questão em relação ao mundo exterior, mas é algo que tem a ver com você viver o momento presente da maneira mais natural possível – quando isso é conseguido, normalmente seu melhor ‘eu’ está se manifestando. O caminho é simples: viver o momento tem a ver com marcar presença e a intuição nos ajuda nisso.
Num mundo extremamente competitivo, a intuição é uma ferramenta que pode fazer grande diferença. De acordo com o desenvolvimento da inteligência intuitiva, a agilidade nas escolhas e no fluxo de decisões é altamente beneficiada.
A intuição – de algum modo, ajuda a pessoa a mostrar sua cara verdadeira, que é sempre mais marcante que qualquer máscara artificial, pois contém vida nela. Isso ocorre através do processo de identificação do que tem a ver com a pessoa e seus propósitos divinos ou verdadeiros, de fato, e não com seguir ‘ondas’ que navegam na superfície e que carregam interesses que não são facilmente perceptíveis em ambientes de alta competitividade.
O que faz a diferença num processo de marcar presença no palco da vida é ser seu melhor ‘eu mesmo’ possível e não se iludir em ‘competir’ com outros ou em ‘ocupar-se’ sempre com alguma atividade por temer ‘não fazer nada’. Isto tudo, além de ser uma ilusão completa, ainda conduz a pessoa a se afastar do que ela tem de mais genuíno e verdadeiro. O ‘quê’ fazer e o ‘como’ fazer se mostram naturalmente quando não reprimimos nossa sensibilidade intuitiva.

autor: herbert santos Silva
Este texto consta do livro: INTUIÇÃO PARA VIVER uma VIDA MELHOR - Em PERGUNTAS E RESPOSTAS
site: http://intuicao.com

-----------------------------------------------------

intuição
Livro:

INTUIÇÃO PARA VIVER uma VIDA MELHOR - Em PERGUNTAS E RESPOSTAS

-----------------------------------------------------

Enviar por e-mail Enviar por e-mail