Ondas Gravitacionais: Elas Existem !!!

Ondas Gravitacionais: Elas Existem !!!

Há pouco mais de 100 anos Einstein publicava a Teoria da Relatividade Geral, em que previa a existência de ondas gravitacionais, que são ondas que transmitem energia através de distorções espaço-tempo, afetando o campo gravitacional.

Até 2015, nenhuma onda gravitacional tinha sido detectada. Isso é passado! Cientistas detectaram ondas Gravitacionais pela primeira vez - trabalho resultante de mais de 25 anos de pesquisas de milhares de cientistas. Tal descoberta fenomenal foi anunciada em 11 de fevereiro de 2016.

Mais uma vez, dessa vez 100 anos depois, mais uma previsão teórica de Albert Einstein é comprovada!

Só para dar uma ideia, isso pode ser considerado algo mais revolucionário que a descoberta da eletricidade, do que a fotografia ou do raio-x, ou a descoberta do telescópio ou das ondas de rádio. Essa descoberta abre um novo rumo para o conhecimento científico, mostrando-nos mais uma vez, que o que desconhecemos - e por tempos é considerado inútil, por não sabermos porque existem, ou mesmo se existem, de fato, prova que nada existe ou acontece por acaso. Isso diz respeito aos buracos negros e à matéria escura, algo que até agora estava além de nossa capacidade de entender, medir e comprovar. Algo que os cientistas, usando o Interferômetro a Laser de Ondas Gravitacionais, conseguiram fazer.

Bem, aí está mais uma descoberta de um avatar das ciências que nos mostrou inúmeras portas - que abriram, e continuam a abrir novas estradas do conhecimento. A partir desta descoberta, novas possibilidades se abrem, inclusive em termos de viagens espaciais. Talvez muito mais que isso.

Como? Ainda é cedo para dizer, mas muito possivelmente o conhecimento dessas ondas gravitacionais e o advento de meios de perceber, medir e fazer uso da energia gravitacional, assim como saber como a matéria escura se manifesta - assim chamada por não a enxergarmos no universo, o que nos abre inúmeras possibilidades.

Apenas lembremos o intercâmbio entre a matéria e energia, que Einstein nos apresentou através da famosa equação E=MC2 (Energia é igual a Massa vezes a velocidade da luz ao quadrado).

Como podemos fazer uso dessa energia, como podemos interagir com a matéria escura e com os buracos negros?
Essas são algumas das questões que eu, um amante das ciências, mas leigo, pergunto.
Einstein nos inspirava a fazer as perguntas corretas. Creio que perguntas ainda mais desafiadoras e de maior amplitude serão feitas pelos cientistas em todo nosso planeta.

O fato é que teoria geral da relatividade previa que massas aceleradas podiam causar este fenômeno, que se propagaria com a velocidade da luz - isso está comprovado. Como este conhecimento será usado é algo que cientistas de visão, ética e imaginação - como valorizava Einstein, poderão nos mostrar.

Parabéns aos pesquisadores do projeto Ligo (Laser Interferometer Gravitational-Wave Observatory) que observaram distorções no espaço e no tempo. E parabéns aos milhares de cientistas que contribuíram para provar o que Albert Einstein havia nos apresentado - como possibilidade, em 1915.

Veja a notícia visitando o site de quem conduziu a pesquisa e é responsável por esta descoberta
LIGO https://www.ligo.caltech.edu/page/what-are-gw

texto: herbert Santos Silva

Imagem: Illustration of gravitational waves produced by two orbiting black holes. (Image: Henze/NASA)

Veja também a reportagem da CNN, clicando aqui.Reportagem da CNN: http://edition.cnn.com/videos/us/2016/02/10/what-are-gravitational-waves-explained-ligo-orig.cnn

Enviar por e-mail Enviar por e-mail